Vulcão Calbuco segue em erupção no Chile; voos são cancelado…

Vulcão Calbuco segue em erupção no Chile; voos são cancelados

Calbuco teve sua última grande erupção em 1961. 4 mil pessoas foram evacuadas; Puerto Montt e Bariloche cancelaram voos. Visto de...

Read more

Justiça Federal pede soltura de cunhada do ex-tesoureiro do …

Justiça Federal pede soltura de cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto

Foto: Reprodução / Globo News A Justiça Federal mandou soltar ‘imediatamente’ a cunhada do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, Marice...

Read more

Após dois meses, bebê que nasceu em banheiro de hospital vai…

Após dois meses, bebê que nasceu em banheiro de hospital vai para UTI

        Bebê prematuro consegue vaga em Guanambi(Foto: Reprodução/TV Bahia) O bebê prematuro que nasceu no banheiro do Hospital Luís Eduardo Magalhães, em Porto Seguro,...

Read more

Governo quer resgatar R$ 13 bilhões em tributos; dívidas ser…

Governo quer resgatar R$ 13 bilhões em tributos; dívidas serão negociadas

As pessoas que têm dívidas tributárias com o estado serão chamadas para participar de um mutirão de regularidade fiscal. Atualmente,...

Read more

MAIS UM SITE DA NOSSA EMPRESA

Os alunos do segundo ano do colégio Modelo, convidam a todos para presenciar o projeto interfaces da Leitura, serão apresentados livros de grandes autores como: Obras literárias de Gregório de Matos, O Cortiço de Aluísio Azevedo, Capitães de Areia de Jorge Amado. É neste quarta feira, dia 29 de abril as 16 Horas, no colégio Estadual Ernesto Carneiro Ribeiro, rua das populares. Desde já, o grupo furdunços do segundo ano agradece por sua presença.

Apoio: Dr. Plits Publicidade, Banco do aposentado, Studio Angels., Rádio Saúde FM, Rádio Paiaia, FM. Sites: Rfnoticias.com, drplits.com.br, espacoaberto.net, evaldourgente.com.br.

Fonte: RFNOTÍCIAS.COM

Bradesco é condenado a indenizar gerente demitida por suspeita de fraude na Bahia
O Banco Bradesco foi condenando a pagar indenização de R$ 80 mil a uma gerente de relacionamento demitida por justa causa, por suspeita de participação em fraudes em licitações na Secretaria de Segurança Pública da Bahia. A condenação foi proferida pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A justa causa foi desconstituída em juízo depois que a gerente foi absolvida na esfera penal. A Polícia Civil do Estado da Bahia desarticulou um esquema de corrupção que fraudava licitações para a aquisição de equipamentos para as corporações dos Bombeiros e Polícia Militar do estado. A “Operação Nêmesis”, como ficou conhecida, constatou que autoridades do alto escalão das corporações militares do estado estavam envolvidas no esquema de desvio e pagamento de propina. A bancária teve o nome envolvido no esquema após a apreensão de cheques com sua assinatura. A perícia, porém, concluiu que as assinaturas eram falsas. O Bradesco sustentou que a justa causa estava em consonância com Consolidação das Leis Trabalhistas, que permite a demissão por mau procedimento, negociação habitual por conta própria e indisciplina. O banco disse que chegou a propor acordo de R$ 300 mil, mas a justa causa deveria ser mantida. A bancária rejeitou a oferta, por considerar que seria a confissão de um ato que não praticou. Em primeira instância, a 26ª Vara do Trabalho de Salvador condenou o banco a indenizar a gerente, tendo em vista que ela foi inocentada criminalmente. Entretanto, o Tribunal Regional do Trabalho da Bahia (TRT-BA) absolveu o banco do pagamento, por entender que a justa causa, por si só, não justifica a indenização, e a empregada não comprovou dano psicológico ou repercussão negativa da dispensa na sua esfera pessoal. Para a ministra Kátia Arruda, relatora do recurso no TST, o banco não utilizou de cautela ou observância do principio da presunção de inocência. “Como se vê, as acusações que pesaram contra a trabalhadora, gravíssimas, capazes de destruir sua vida profissional e sua imagem perante a sociedade, e com repercussão inequívoca na sua esfera íntima, estavam fundadas em elementos de prova duvidosos desde o nascedouro”, afirmou.
Quinta, 23 Abril 2015 14:20

Itarantim: Teto de escola desaba e fere alunos

Escrito por
Itarantim: Teto de escola desaba e fere alunos
Foto: Reprodução / Políticos do Sul da Bahia
O teto de uma sala de uma escola em Itarantim, no sudoeste da Bahia, desabou na manhã desta quinta-feira (23) e deixou pelo menos seis alunos e dois monitores feridos, encaminhados para o hospital da cidade. O acidente ocorreu por volta de 9 horas na Unidade Escolar Vasco Neto, no distrito de Ribeirão do Salto. Segundo o site Políticos do Sul da Bahia, os alunos fazem parte do projeto do “Mais educação”, e tem idade de 8 a 15 anos. Uma funcionária da escola, Rosariana Ferraz, usou a rede social para relatar o acidente: “Queria agradecer a Deus pelo livramento de não ter acontecido nada grave com as crianças e monitores que estava no Colégio na hora do acidente… E aos que foram pro hospital Deus está no controle de tudo… Deus proteja todos.”, declarou. Segundo informações, a última vez que a escola passou por uma reforma foi em 1996. Uma equipe técnica deverá ser enviada ao local para saber o tamanho da proporção do acidente.

silvio

No próximo domingo (26), a Rede Globo comemora 50 anos de existência.  Para  celebrar a data, a emissora está  exibindo  matérias  especiais,  inserindo novos  formatos de programa  e  reprisando  alguns  de  seus  sucessos.

Porém, o que chamou a atenção esta semana foi a forma inusitada  de  Silvio Santos parabenizar a  emissora  concorrente por seu  cinqüentenário.  A homenagem  prestada  ocorreu através de  um anúncio publicado em  20 de  abril na revista  Meio & Mensagem, editoria  voltada para  o Mercado Publicitário.

aratuonline silvio santos parabeniza rede globo

Em poucos minutos, a foto da  peça  publicitária  foi divulgada  nas  redes sociais  e  os  internautas comentaram o fato de  forma  positiva. “O SBT passa uma imagem de ser um bom lugar para trabalhar…Pensa q honra ter o Silvio Santos de chefe”, comentou  uma  internauta.

Veja mais comentários  que  estão circulando  nos  sites de  relacionamento e  microblogging:

1

Sem título

2


4

5

6

 

APLB CAÉM

A greve dos trabalhadores em educação do município de Caém completou 31 dias. Na assembleia realizada nesta última quarta-feira (22/04), os professores decidiram permanecer em greve na luta pelo atendimento das reivindicações da categoria (cumprimento do calendário escolar, melhoria na infraestrutura das unidades escolares, valorização dos trabalhadores em educação e realização de concurso público).
Os trabalhadores lamentam, que mesmo diante do aumento significativo nos recursos do FUNDEB no município que receberá a mais que 2014 o montante de R$ 909.814,84, sem contar que o fundo de participação (FPM), aumentou de 0,6 para 0,8 representando um aumento significativo na contrapartida do município no FUNDEB, o prefeito alega não ter condição de reajustar os salários dos professores, repassando apenas o reajuste do governo federal, desmerecendo os profissionais que buscaram continuar estudando, fazendo graduação e pós-graduação esses profissionais desde 2013 vem tendo seus salários achatados, com reajustes abaixo do INPC - ÍNDICENACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR, conforme a legislação em vigência os trabalhadores não podem ter seus reajustes abaixo desse índice, o município de Caém andando na mão “inglesa” tem reajustado os vencimentos dos trabalhadores abaixo desse índice descumprindo a legislação, dessa forma os professores graduados tem recebido anualmente R$ 28,00 de reajuste, valor esse repassado pela prefeitura.

Protesto acontece na manhã desta quarta-feira (22), na região norte da BA. Moradores alegam que acidentes e atropelamentos são recorrentes no trecho.

Moradores do povoado de Mutirão, na região de Jacobina, norte da Bahia, fecharam o km-289 da BR-324, a partir das 7h desta quarta-feira (22). A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a rodovia é de responsabilidade da PRE, pois o km-289 está localizado entre a saída de Jacobina e a BA-419. Ainda segundo a PRF, o trecho bloqueado tem apenas cinco quilômetros da BR-324.

De acordo com a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), cerca de 300 pessoas colocaram pneus, madeira e arame na via para bloquear a passagem de  veículos. Por volta das 8h58, o grupo permanecia em protesto na via. Os moradores alegam que, após a pavimentação da via, não foram instalados redutores de velocidade e com isso, ocorrem muitos acidentes e atropelamentos no local. A PRE ainda não tem informações da extensão de congestionamento.

Grupo pede instalação de radares de velocidade por conta dos constantes atropelamentos e acidentes na rodovia baiana. (Foto: Emerson Rocha/Bahia Acontece.)Grupo pede instalação de radares de velocidade por conta dos constantes atropelamentos e acidentes na rodovia baiana. (Foto: Emerson Rocha/Bahia Acontece.)
Moradores do povoado de Mutirão, na região de Jacobina, norte da Bahia, fecharam o km-289 da BR-324.  (Foto: Emerson Rocha/Bahia Acontece.)
Moradores do povoado de Mutirão, na região de Jacobina, norte da Bahia, fecharam o km-289 da BR-324. (Foto: Emerson Rocha/Bahia Acontece.)
 
G1 BA

Dias Coelho foi o primeiro coronel negro da Bahia, em Morro do Chapéu (Foto: Divulgação)

Dias Coelho foi o primeiro coronel negro da Bahia, em Morro do Chapéu (Foto: Divulgação)

O líder dos coronéis foi intendente de Morro do Chapéu de 1909 a 1917.

No começo do século XIX, Francisco Dias Coelho fez uma carreira política brilhante, tornou-se o homem mais rico do sertão baiano e um dos dez mais ricos da Bahia. Seu maior feito, entretanto, foi ser o primeiro coronel negro da história baiana, numa época em que todas as teorias do racismo científico diziam que os negros tinham um intelecto inferior.

Em entrevista ao Aprovado de agosto de 2013, o historiador Moiseis Sampaio revela a fascinante trajetória desse homem de Morro do Chapéu, nascido livre no tempo da escravatura, e que tinha tudo para não conseguir êxito. Quando perdeu a mãe, aos 7 anos, Dias Coelho e a irmã foram morar na casa de um grande comerciante.

O historiador Moiseis Sampaio fala da importância histórica do coronel (Foto: Divulgação)O historiador Moiseis Sampaio fala da importância histórica do coronel (Foto: Divulgação)

O historiador conta que foi um período em que se descobriram as propriedades industriais do carbonato, um diamante de baixa qualidade que servia para fazer ponta de broca para mineração. Usado em larga escala, enriqueceu muita gente. Mas ninguém chegou à fortuna de Dias Coelho.

Estátua homenageia Coronel Dias Coelho em Morro do Chapéu (Foto: Divulgação)Estátua homenageia Coronel Dias Coelho em Morro do Chapéu (Foto: Divulgação)

Rapidamente, Dias Coelho passou a liderar todos os coronéis do sertão, interferindo na política estadual e em todas as ações regionais. Moiseis Sampaio conta que ele foi eleito intendente, com voto dos brancos, em 1909, ficando no cargo até 1917. Como só podia votar quem soubesse escrever, em 1912 ele zerou o analfabetismo em todo o município. E ganhou o voto dos negros, com uma vantagem imensa sobre os demais.

G1


O juiz federal da Subseção Judiciária de Irecê, Gilberto Pimentel de Mendonça Gomes Júnior, julgou improcedente uma Ação Civil Pública de Improbidade Administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o ex-prefeito de Presidente Dutra, Agnelo Almeida Barreto Neto.
 
Na ação, o MPF alega que o réu, enquanto prefeito do município, não prestou contas no período legal das verbas repassadas pelo Governo Federal decorrentes do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), no exercício de 2008. A acusação foi reforçada pela parte autora com base no art. 11 da Lei n. 8.429/92, que afirma: “Constitui ato de improbidade administrativa que atenta contra os princípios da administração pública qualquer ação ou omissão que viole os deveres de honestidade, imparcialidade, legalidade e lealdade às instituições, e notadamente: [...] VI - deixar de prestar contas quando esteja obrigado a fazê-lo”.
 
Após intimação, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) declarou não constar em seus dados qualquer pendência referente à prestação de contas dos recursos repassados ao município de Presidente Dutra no exercício de 2008. Mais tarde, o órgão ainda comprovou tal informação apresentando uma cópia integral da prestação de contas referente ao recurso financeiro repassado ao município em questão, para atender ao PNAE.
 
Em sua defesa, o réu também constatou tais informações com anexos de documentos comprobatórios referente a prestações de contas juntamente com uma certidão negativa de contas julgadas irregulares, emitida pelo Tribunal de Contas da União. O MPF, por sua vez, considerou que a documentação encartada comprova que o envio da prestação de contas referente ao exercício de 2008 foi intempestivo.
 
Apesar da intempestividade, o caso do réu não foi caracterizado como improbidade administrativa. Diz o julgador: “A despeito da intempestividade da prestação de contas pelo então gestor municipal, não verifico, à vista dos elementos probantes produzidos no curso da instrução processual, a possibilidade de se poder concluir pela existência de fato ensejador de improbidade administrativa”.
 
Em seguida, complementa: “A ação de improbidade administrativa exige prova certa, determinada e concreta dos atos ilícitos, para ensejar uma condenação. O que se revela dos autos em análise [...] é que, a prestação de contas, apesar de extemporânea, foi aprovada pelo FNDE. Traçadas essas linhas, e considerando que o único fundamento da lide é a omissão na prestação de contas, não há embasamento fático ou jurídico que dê consistência ao deferimento do pleito”.
Fonte: Da redação (Justiça em Foco), com TRF1

Passava das 15h da última segunda-feira (20) quando o gerente comercial Ronaldo de Oliveira, de 34 anos, se levantou da mesa de reunião para pegar um café. Foi quando olhou pela janela da empresa e viu um funil que repente escureceu o céu de Xanxerê, no Oeste catarinense. Era o tornado que se aproximava. "Foram 30 segundos que duraram uma eternidade", disse.

Ronaldo de Oliveira, que fimou tornado em Xanxerê, SC (Foto: Arquivo Pessoal)Ronaldo de Oliveira, que filmou tornado, com o filho
(Foto: Arquivo Pessoal)

“Não tenho esse costume, mas comecei a filmar por curiosidade. Pensei que pudesse ser uma tempestade ou uma tromba d’água, aqui sempre tem ventos fortes”, conta o gerente comercial de uma fábrica de sacarias de ráfia. (Veja o vídeo acima na íntegra).

"Meu Deus, minha casa!", diz uma voz. "A fábrica foi toda", narra Oliveira no vídeo, que na hora pensou no filho. "Meu piá!". É possível perceber pessoas com a voz embargada diante de toda a destruição.

'Poste torceu como parafuso'
“Primeiro vieram os galhos, depois árvores inteiras. Dava pra sentir o vento batendo na parede. A força era tanta que derrubou o ar-condicionado, arrastou carros. Um poste torceu como um parafuso”, lembra Oliveira.

Ele conta que o grupo de funcionários se protegeu em um corredor. “Foram 30 segundos no meio do tornado, mas pra mim pareceram 30 minutos, ou uma eternidade”, diz Oliveira, que mal teve tempo de rever as imagens impressionantes que registrou.

A empresa, que fica no bairro Colatto, foi parcialmente destruída. “Ainda estamos avaliando os prejuízos com as máquinas”, contou ao G1 por telefone, enquanto dava instruções a funcionários.

Foi só na volta para a casa, a pé, que Oliveira se deu conta do tamanho do estrago. Naquele dia, por acaso, ele havia deixado o carro com a esposa – "se estivesse no estacionamento da empresa, certamente o veículo teria sido destruído", diz.

“Fui caminhando e vendo imóvel no meio da rua, carros virados, casas de dois andares caídas pela metade. Imaginei que a cidade inteira tivesse acabado”.

Bastante impactado pelo cenário de destruição, ele também registrou o momento em um segundo vídeo (veja abaixo). “Espero que isso nunca mais aconteça”, diz Oliveira.

Tornado causou destruição
O tornado que atingiu o Oeste catarinense na segunda-feira (20) deixou 2 mortos, 120 feridos e cerca de mil desabrigados. Ao menos 13 pessoas seguem internadas nesta quarta-feira (22) em hospitais da região, três delas na UTI. Entre as vítimas mais graves está um menino de 7 anos, filho de um homem que morreu em um desabamento em Xanxerê, após salvar a mulher e a outra filha do casal, de 3 meses.

A cidade de Xanxerê decretou estado de calamidade pública. Com isso, a cidade deve receber ajuda do estado e do governo federal.

O tornado, de acordo com o Inmet, foi classificado entre F2 e F3, numa escala que vai de F0 (mais fraco) a F5 (mais forte), com danos "de fortes a severos". De acordo com essa escala, os ventos podem ter variado de 100 km/h até 330 km/h.

 

 

 

Armas e drogas foram apreendidas em operação em Guanambi, sudoeste da Bahia (Foto: Divulgação/PC)

Armas e drogas foram apreendidas em operação em Guanambi, sudoeste da Bahia (Foto: Divulgação/PC)

Oito pessoas foram presas e uma foi morta durante operação da Polícia Civil com objetivo de desarticular uma quadrilha de tráfico de drogas que atuava na região de Guanambi, sudoeste da Bahia. O resultado da ação foi divulgada nesta quarta-feira (22). De acordo com a polícia, um dos criminosos, conhecido como "Dio", foi baleado em confronto, socorrido e morreu no Hospital Regional da cidade.

A morte aconteceu no dia 15 de abril. No mesmo dia, foram pegos Marlúcio Lima de Souza, o “Maguila”; Luciano Luiz da Silva, o “Motor”; Jones Assunção Palácio, o “Dhone”; Leandro Ribeiro de Souza, o “Leo Magá”; e Ricardo Antonio Teixeira de Araújo.

De acordo com informações da polícia, eles integram uma quadrilha responsável por diversos homicídios e tentativas de homicídios nos últimos meses. Eles vão ser indiciados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma.

Com os suspeitos, foram apreendidos um quilo de pasta base de cocaína, mais um quilo da droga pura, duas pistolas 9mm, um revólver calibre 38, munições e três motocicletas.

Outras prisões
Além dos presos do dia 15, a polícia informa que uma mulher de 31 anos foi detida no dia 17 de abril nas imediações do terminal rodoviário. Ela foi encontrada com uma bolsa contendo 2 kg de cocaína, uma 9mm de fabricação turca, dois carregadores e mais de 100 munições. O material seria entregue a dois homens, de 33 e 39 anos, que foi flagrada e também detida. Segundo a polícia, os dois homens chegaram ao local a bordo de um veículo do modelo Gol.

G1

 

 

 

Perseidas é registrada sobre Stonehenge, na planície de Salisbury, ao sul da Inglaterra. Foto de exposição longa. (Foto: Doherty Kieran / Reuters)

Imagem da chuva de meteoros Perseidas registrada sobre Stonehenge, na planície de Salisbury, ao sul da Inglaterra. Enquanto a Liríadas produz, em média, de 15 a 20 meteoros por hora, a Perseidas tem cerca de 60 meteoros por hora (Foto: Doherty Kieran / Reuters)

Fenômeno chamado de Liríadas atinge ápice a partir da 0h desta quinta. A previsão é que entre 10 e 20 meteoros atinjam a atmosfera terrestre.Uma chuva de meteoros está prevista para atingir seu ápice entre a noite desta quarta-feira (22) e o início da madrugada de quinta (23) e deve proporcionar uma visão espetacular do fenômeno em várias partes do planeta – inclusive no Brasil. De acordo com a agência espacial americana, a Nasa, a chuva de meteoros chamada de Liríadas (pois irradia da constelação de Lira) poderá ser vista de forma intensa depois da 0h desta quinta no Hemisfério Sul (de qualquer parte do Brasil). Para quem está no Hemisfério Norte, basta olhar para o céu a partir das 22h30 de quarta. A previsão é que entre 10 e 20 meteoros atinjam a atmosfera terrestre a cada hora. Mas atenção: só será possível enxergar o fenômeno sem a ajuda de telescópio em locais onde o céu não estiver encoberto e distantes de luzes artificiais urbanas. O observatório Slooh, localizado nas Ilhas Canárias, no meio do Oceano Atlântico, vai transmitir a Liríadas pela internet. 'Estrela cadente' Meteoros são pequenos corpos celestes que se deslocam no espaço e entram na atmosfera da Terra, queimando parcialmente ou totalmente devido ao atrito com a atmosfera terrestre e ao contato com o oxigênio. Este fenômeno deixa um risco luminoso no céu, popularmente conhecido como “estrela cadente”. De acordo com o Observatório Nacional, instituto de pesquisa do país que trabalha nas áreas de astronomia, geofísica e metrologia, uma chuva de meteoros acontece quando a Terra cruza a órbita de algum cometa, fazendo com que pequenos fragmentos deste corpo celeste saiam de sua rota já traçada e penetrem a atmosfera terrestre.

 

 

 

Pagina 1 de 612